Rede MPL:
Página 1 de 34 12311 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 1 para 30 de 1008

Título: Reflexões

  1. #1
    Senior Member joc1's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2011
    Localização
    The deep and fiery pits of hell
    Posts
    862

    Por Defeito Reflexões

    criei este tópico como um lugar para users que queiram postar alguma reflexão sobre algum assunto há escolha

    há uma velha piada na qual um esquimó pergunta a um padre: "se eu não soubesse acerca de deus e dos pecados, poderia ir ao inferno?"

    e o padre responde: "não, não se não soubesses"

    o esquimó responde: "então porque é que me disseste?"

    mas esperem .. se um homem que é ignorante acerca de deus, não será condenado ao inferno, o que acontece a uma pessoa que não tem uma predisposição genética para ser crente?

    nós sabemos hoje em dia que os humanos não são totais escravos da educação e do ambiente no qual crescem, mas que nós temos uma predisposição genética que representa grande parte de porque nós somos aquilo que somos

    uma criança que nasce neste mundo com uma mente bastante analítica não tem mais probabilidades de acreditar no milagre de cristo do que tem de acreditar no coelhinho da páscoa

    por outro lado uma criança que nasce com um juízo maçante e uma mentalidade conformista tem grandes probabilidades de adoptar ideais religiosos

    vamos pensar que destas duas hipotéticas crianças, a criança analítica tem um bom coração, tem compaixão, é amigável, gosta de ser útil para os outros, e que a outra criança tem mau temperamento, é abusiva e anti-social

    será que se deve acreditar que um deus sábio o suficiente para criar algo como o cosmos, iria castigar a criança com bom coração com fogo infernal, e presentear a outra com uma eternidade de paraíso tendo em os conta factores genéticos?

    uma pessoa não tem mais mão no seu DNA do que tem na escolha do sítio onde vai nascer, mas mesmo assim todos aqueles que nascem num lugar onde as pessoas são ignorantes no que toca a cristo são poupadas ao inferno e aqueles que não têm uma predisposição genética para acreditarem em cristo vão torrar para sempre no fogo da sala de tortura pessoal de deus

    mais, acho nos devíamos perguntar antes de mais porque é que é importante para deus nós acreditar-mos nele?

    se deus quisesse fazer-nos acreditar, ele só precisaria de se manifestar ... uma aparição do almighty himself iria destruir quase toda a dúvida quanto há sua existência

    se perguntarem isto a um cristão ele diz-vos que ele escolhe não aparecer para nos testar, a vida é isto, um teste

    mas porquê é que um deus que é amor iria conceber um teste no qual idiotas passam facilmente e boa gente com uma predisposição céptica falha?

    qual é que é a característica que os crentes exibem que os torna merecedores de passarem no teste de deus?

    a crença deles é em primeiro lugar em grande parte devido há sua sorte de nascença, e em segundo lugar a única característica adicional que exibem é acreditar em algo sem nenhuma evidência racional a comprovar, um tiro no escuro

    será que deus glorifica estupidez? foi por isso que adão e eva foram ditos para evitarem a árvore do conhecimento no jardim sagrado?

    se o deus judeo-cristão existe, então ele é um presenteador de estupidez, e um castigador dos intelectuais

    num mundo onde todas as pessoas têm níveis de inteligência diferentes, temperamentos diferentes, circunstâncias sociais diferentes, como é que faz sentido que todas as pessoas sejam sujeitas a um teste idêntico?

    e como é que faz sentido que o teste não seja um teste de bondade, não seja um teste de integridade, não seja um teste de intelecto mas sim um teste no qual se vê quem acredita com mais intensidade naquilo que não se pode ver?

    não só o teste estipula que se acredite em algo que parece imaginário, mas também se tem de acreditar numa ideia particular daquilo que nós consideramos deus

    se nós antes acreditar-mos em unicórnios nós falhámos o teste ... é como perguntar-mos a uma pessoa em qual dos 3 copos a bola está escondida

    "eu não sei" diz a pessoa

    "bem então é melhor decidires, porque se escolheres o copo errado vais arder para sempre"

    "então e se eu não escolher nenhum copo?" pergunta a pessoa

    "ardes na mesma"

    agora imaginem que há 1000 copos, um copo a representar cada crença na terra, chegar ao paraíso começa a parecer como jogar na lotaria, cada crença é só mais um ticket e toda a gente está de dedos entrelaçados na esperança de terem escolhido os números certos, a crença certa

    mas se há um deus, e ele dá recompensas e castigos baseado em no facto de se acreditar ou não nele ou na versão correcta dele, então estatisticamente falando quase ninguém na terra irá chegar ao paraíso

    as nossas chances não são tão felizes, se tal deus existe então chances são que cada cristão a ler este tópico está tão sujeito a ir ao inferno como um qualquer ateu a ler isto

  2. Links Patrocinados:
  3. #2
    Senior Member joc1's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2011
    Localização
    The deep and fiery pits of hell
    Posts
    862

    Por Defeito

    isto é um report + reflexão acerca de uma situação que achei deveras interessante

    eu estava a falar ontem com uma conhecida minha, não me lembro exactamente como é que a conversa chegou lá mas ela num ponto da conversa disse: "tu não és inteligente porque tomas drogas"

    e por alguma razão quando se toma drogas isso ouve-se muito, como se fosse um grande argumento, porque como todos nós sabemos que ser-se drogado (tanto quando se é dependente ou quando não se é dependente e usa-se simplesmente de forma recreativa como eu) é objectivamente a pior coisa que pode alguma vez acontecer a qualquer pessoa

    uma pessoa inteligente obviamente trabalharia para evitar drogas e por isso quem as toma obviamente não é inteligente, e assim num aparte eu quero falar desse ponto

    não faz muito sentido, se uma pessoa é retardada que nem uma porta ainda consegue perceber que tomar drogas é "mau": well, ma doctor said taking drugs aint too good for me, ou que ainda é um grande taboo e que a sociedade vai olhar de lado, não é preciso ser-se um génio para se chegar lá, por isso o argumento da inteligência considero-o algo goofy

    num outro ponto, afinal como é que é o valor da vida humana medido?

    é medido pela riqueza da nossa experiência, ou pela mera duração da nossa experiência?

    é por isso que eu tomo o meu ex na sexta há noite, porque enriquece a minha vida, é verdade que pode causar uma série de problemas a longo prazo, mas a SENSAÇÃO é mais importante do que viver para celebrar os meus 80 anos com os meus netos .... de longe

    no entanto tomar droga ainda é socialmente reprovável ... mas hey qual grande homem não é um não-conformista?

    mostrem-me uma figura histórica de valor e eu mostro-vos nele uma pessoa que disse: não! não me vou render há tirania do sistema .... e é isso que eu estou a fazer, eu vou fumar o meu candy kush como um acto revolucionário, um acto que diz que não vou ser oprimido por aquilo que a população pensa, sou um não conformista a tomar esta beleza

    é verdade eu posso justificar tudo, mas não foi por isso que estou a escrever este post, a razão é que quando a minha discussão com esta rapariga tornou-se mais acesa eu chamei-lhe ****

    disse: sua **** de m3rda.

    e algumas pessoas disseram logo, ahá seu sexista, machão

    e eu disse: então mas vocês passam o dia a chamar gajos de jarvardo, dizem "you're a dick" ou "you're a cockmonger" etc como é que podem achar a minha atitude reprovável?

    resposta: you call a guy a dick and he doesnt care, you call a woman a bitch, and you know, shes sensitive and she cant handle it, makes her feel like a second class citizen etc etc

    conclusão: é certo chamar-se um homem de "dick" porque ele aguenta bem, mas não uma mulher de cunt/**** porque ela é sensível

    e eu é que sou o sexista? LOLOL

    de forma não sexista e lógica, o correcto seria nenhum homem chamar outro homem de qualquer nome do género indicado se acha incorrecto chamar a mesma coisa a uma mulher

    e isto seria bem aplicado aos pts, que usam muita asneirada entre amigos

  4. #3
    Senior Member incompreendido's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2008
    Localização
    debaixo da ponte
    Posts
    1,416

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por joc1 Ver Post
    isto é um report + reflexão acerca de uma situação que achei deveras interessante

    eu estava a falar ontem com uma conhecida minha, não me lembro exactamente como é que a conversa chegou lá mas ela num ponto da conversa disse: "tu não és inteligente porque tomas drogas"

    e por alguma razão quando se toma drogas isso ouve-se muito, como se fosse um grande argumento, porque como todos nós sabemos que ser-se drogado (tanto quando se é dependente ou quando não se é dependente e usa-se simplesmente de forma recreativa como eu) é objectivamente a pior coisa que pode alguma vez acontecer a qualquer pessoa

    uma pessoa inteligente obviamente trabalharia para evitar drogas e por isso quem as toma obviamente não é inteligente, e assim num aparte eu quero falar desse ponto

    não faz muito sentido, se uma pessoa é retardada que nem uma porta ainda consegue perceber que tomar drogas é "mau": well, ma doctor said taking drugs aint too good for me, ou que ainda é um grande taboo e que a sociedade vai olhar de lado, não é preciso ser-se um génio para se chegar lá, por isso o argumento da inteligência considero-o algo goofy

    num outro ponto, afinal como é que é o valor da vida humana medido?

    é medido pela riqueza da nossa experiência, ou pela mera duração da nossa experiência?

    é por isso que eu tomo o meu ex na sexta há noite, porque enriquece a minha vida, é verdade que pode causar uma série de problemas a longo prazo, mas a SENSAÇÃO é mais importante do que viver para celebrar os meus 80 anos com os meus netos .... de longe

    no entanto tomar droga ainda é socialmente reprovável ... mas hey qual grande homem não é um não-conformista?

    mostrem-me uma figura histórica de valor e eu mostro-vos nele uma pessoa que disse: não! não me vou render há tirania do sistema .... e é isso que eu estou a fazer, eu vou fumar o meu candy kush como um acto revolucionário, um acto que diz que não vou ser oprimido por aquilo que a população pensa, sou um não conformista a tomar esta beleza

    é verdade eu posso justificar tudo, mas não foi por isso que estou a escrever este post, a razão é que quando a minha discussão com esta rapariga tornou-se mais acesa eu chamei-lhe ****

    disse: sua **** de m3rda.

    e algumas pessoas disseram logo, ahá seu sexista, machão

    e eu disse: então mas vocês passam o dia a chamar gajos de jarvardo, dizem "you're a dick" ou "you're a cockmonger" etc como é que podem achar a minha atitude reprovável?

    resposta: you call a guy a dick and he doesnt care, you call a woman a bitch, and you know, shes sensitive and she cant handle it, makes her feel like a second class citizen etc etc

    conclusão: é certo chamar-se um homem de "dick" porque ele aguenta bem, mas não uma mulher de cunt/**** porque ela é sensível

    e eu é que sou o sexista? LOLOL

    de forma não sexista e lógica, o correcto seria nenhum homem chamar outro homem de qualquer nome do género indicado se acha incorrecto chamar a mesma coisa a uma mulher


    e isto seria bem aplicado aos pts, que usam muita asneirada entre amigos
    Quanto a esta parte faz como eu, não digas asneiras de qualquer tipo a ninguém e ainda podes aplicar à vontade a todo o tipo de gente...

    Estas a seguir um pensamento muito do ''agora é que interessa''.As drogas, tabaco e afins é o negocio mais bizzaro que alguma vez assisti pelo simples facto de aumentar as probablidades de deteriorar a nossa vida futura...
    Essa coisa maravilhosa que chamas de ''sensação' desaparece quando te calhar algum tipo de problema sério derivado disso.
    Podes não ignorar
    Podes como fez avó do meu amigo (neste caso) que deixou de fumar quando a porcaria já estava toda a feita o que não valeu de muito já...

    Uma coisa é certa, cada tipo de droga trás a sua complicação que não é brincadeira nenhuma e ainda pagas para isto...

    Mas como dizes o que interessa é usufruir, se vives bem assim, nem te preocupes com o que te dizem e guarda as asneiras para quem não traumatizes.
    Última edição por incompreendido : 30-01-12 às 23:19:53

  5. #4
    Senior Member formiga's Avatar
    Data de Registo
    May 2010
    Posts
    2,988

    Por Defeito

    A titulo de curiosidade, não vives em PT?
    Gostei de ler os textos e não conhecia aquela do esquimó

  6. #5
    Senior Member
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    1,913

    Por Defeito

    A pirataria na Costa da Somália tem sido noticia no mundo. As preocupações hipócritas dos politicos e dirigentes de Organizações Internacionais também.
    A Somália é um país que vive sem um governo central estável, organizado, sem quaisquer instituições juridicas ou outras. Vive em guerra civil há muitos anos e com uma população na miséria e em sofrimento.
    Situada no Corno de África é banhada por uma imensa costa.
    A comunidade internacional não dá qualquer relevância útil e ativa ao conflito da Somália

    Agora queixam-se dos prejuízos causados pelos piratas (muitos deles foram pescadores).
    Acontece que o mundo ocidental despeja todo o seu lixo, incluindo lixo atómico, no mar e nas praias da Somália. Destruindo assim, toda a sua vida marinha bem como os seus recursos naturais, fonte de subsistência.
    Também as grandes embarcações das companhias internacionais de pesca, limitadas pela quotas impostas, rápidamente esgotam a pesca na sua costa e, dirigem-se para a costa Africana. Uma vez aí, com os arrastões usados para pescar, no espaço de uma semana esgotam o pescado de um ano. A Somália e outros países vizinhos ficam sem os seus recursos e impotentes perante a situação. Resta-lhes a miséria no que é seu, consumida pelos outros.

    Os chamados piratas (já protegidos por grupos de interesses)organizam-se e vão saquear para o mar. Uma vez chegados a terra distribuem o fruto do saque pela população local.
    O problema é mais profundo do que aqui relato; levanto apenas o véu do que se passa e, pergunto? No meio de tudo isto, quem são aqui os piratas??

  7. #6
    Senior Member joc1's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2011
    Localização
    The deep and fiery pits of hell
    Posts
    862

    Por Defeito

    alguém comentou o meu tópico

    obrigado maria, agora sinto-me aquecido por dentro

  8. #7
    Senior Member joc1's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2011
    Localização
    The deep and fiery pits of hell
    Posts
    862

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por formiga Ver Post
    A titulo de curiosidade, não vives em PT?
    Gostei de ler os textos e não conhecia aquela do esquimó
    vivo entre pt e espanha, estou a estudar aqui

  9. #8
    Senior Member
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    1,913

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por joc1 Ver Post
    alguém comentou o meu tópico

    obrigado maria, agora sinto-me aquecido por dentro
    E vou comentar mais vezes
    Última edição por MariaCristina : 17-02-12 às 12:46:58

  10. #9
    Senior Member
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    1,913

    Por Defeito

    No século XVIII tivemos a Revolução Industrial que alterou os meios de produção através da mecanização da industria.
    No mesmo século aconteceu a Revolução Francesa, baseada nas ideias do iluminismo/humanismo e a conceção de viver a sociedade alterou-se.

    A próxima revolução será a Revolução Intelectual.
    Vivemos numa sociedade do conhecimento à escala mundial. Mas esse conhecimento, contraditóriamente, não está a generalizar-se e inevitávelmente, está a criar um fosso social cada vez maior entre a população mundial. Num mundo globalizado, não conseguimos harmonizar, mesmo que em termos minimos, o acesso ao conhecimento por parte de todos - estamos à frente do nosso pc e temos acesso aos meios tecnológicos de ponta que, são fabricados por quem não sabe lêr em terras do Extremo Oriente.

    O futuro, em termos de bem estar social e económoco, será de quem fôr detentor do conhecimento intelectual de ponta. O acesso ao mercado de trabalho vai ser cada vez mais limitado e as profissões, mesmo as especializadas, vão ter uma importância relativa. O cidadão comum vai apenas prestar trabalho de forma temporária, porque as empresas não necessitam dele a tempo inteiro, e será suportado por um novo modelo de Segurança Social (já a ser pensado na Europa).

    A ecónomia real, aquela que passará a produzir dinheiro e a sustentar o resto, será a ecónomia intelectual. Uma ecónomia vocacionada e baseada na tecnologia. Os "cérebros" mundiais serão captados por alguns países, que a desenvolvem. Isto já está a acontecer na India. O cidadão que não tem nada e não vai à escola, vive ao lado da produção tecnológica de ponta.

    Mesmo profissões como as de médico vão perder a importância que atualmente têm. Num futuro próximo, o diagnóstico de doenças, como o cancro, serão feitas por cada cidadão, em sua casa, através de equipamentos para o efeito.
    À 20 anos atrás, comprava-se uma casa simplesmente com as paredes. Depois, passou a comprar-se uma casa já com equipamentos domésticos incorporados (cozinhas completas). No futuro, essa mesma casa pode vir equipada com tecnologia que permitirá um diagnóstico médico. Essa tecnologia será por ex. incorporada no quarto de banho e analisará os nossos fluídos que, via net irão para uma base de dados central, onde um só médico analisará e automáticamente é marcada a cirurgia. O conceito e prática do médico de familia deixará de existir.

    Tudo na nossa vida será regulado através da inteligência artificial. É inevitável.
    Poderá tomar-se um comprimido que, equipado com um chip, fará uma análise geral ao nosso corpo e dirá os resultados. Entre muitas outras coisas...

    Os grandes benefícios do imparável avanço tecnológico, vão ser sobretudo ao nivel da medicina.

  11. #10
    Senior Member Turquia's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2010
    Posts
    638

    Por Defeito

    Um à parte

    Maria, fico impressionada pela tua sabedoria. Gostava eu de ser assim. Quando penso nisso, acho que já cheguei a ser mais inteligente, agora acho que sou mais saloia. enfim...nada de grave.

    Joc1, acho que devias pensar melhor na tua vida, porque drogas nunca podem ser uma coisa boa, digo isto pela tua saúde. Mas tu é que sabes.

  12. #11
    Senior Member
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    1,913

    Por Defeito

    Obrigado Turquia. Mas nada de mais. Também não tem a vêr com inteligência; antes com interesse. Eu tenho interesse em várias coisas, uma delas é a física

  13. #12
    toiasoia
    Guest

    Por Defeito

    também gostei muito de ler Maria, realmente nao ha forma de se evitar a evolucao que aí vem...

    ja li até uma vez um artigo sobre uns comprimidos que impedem o envenhecimento em que nas experiencias conseguiam recuperar a juventude a ratos artificialmente envelhecidos, um cientista americano que ate tem descendencia portuguesa, mas um dia a medicina irá consegui.lo e aí será um reviravolta de 180 graus na forma como nos vimos este mundo e uns aos outros e o lugar que todos vamos querer e nao chegara pra todos, acabamos com os nascimentos? nao se tens filhos? ou paga.se uma licensa pra se poder engravidar?
    sera um mundo sem crianças? ou damos.lhe os comprimidos pra ficarem sempre crianças? a ciencia vai abrir mais perguntas do que respostas, a historia mostra.nos isso?


    vai ser bonito vai... ou melhor vai ser uma merd
    Última edição por toiasoia : 18-02-12 às 18:09:25

  14. #13

    Por Defeito

    Ainda no outro dia discutia, com uma amiga, sobre a imortalidade.
    Honestamente, tendo em conta que o factor envelhecimento vem da oxigenação das células.... até me parece algo improvável lá chegarmos... i mean..... deixamos de respirar ?

  15. #14
    toiasoia
    Guest

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Magnanimo Ver Post
    Ainda no outro dia discutia, com uma amiga, sobre a imortalidade.
    Honestamente, tendo em conta que o factor envelhecimento vem da oxigenação das células.... até me parece algo improvável lá chegarmos... i mean..... deixamos de respirar ?
    o que nos da a vida é tambem o que nos envenena, é do caneco nao é, mas ó homem ira acontecer... pode ate ja nem ser no nosso tempo mas la chegaremos, a oxidacao é ferrugem da mistura do oxigenio com a agua que somos nao é? olha que ate nem parece ser muito dificil... nos no metal basta um ate um antiferrugem e tens o problema resolvido, claro que deve ser mais complicado...
    agora eu nao quero pra mim, quero envelhecer viver diferentes fases da vida e gasta.la e qaundo acabar vou feliz...

  16. #15
    Senior Member
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    1,913

    Por Defeito

    Penso que repararam que isto não se trata de um futuro "teórico". A questão da tecnologia médica ao serviço do cidadão, está a ser desenvolvida por físicos, nos chamados países sub-desenvolvidos.
    Por questões económicas e outras será comercializada talvez em 2090. Não é assim tão tarde..
    O exemplo real é este: neste momento nós temos acessso à net e a tudo o que ela nos permite via instalação por cabos, colocados internamente nas paredes, certo? Esses mesmos cabos terão mais funcionalidades e incorporam tecnologia que vai por ex. até uma sanita no quarto de banho ..é esse chip que fará de forma imediata o diagnóstico aos fluidos e que o transmitirá, tb via net. Esta tecnologia, poderá vir com o apartamento ou ser instalada pela pessoa.

    Há outra tecnologia interessante que resumidamente será a seguinte:
    Colocar-se uma lente de contacto na vista (óbvio que tem tecnologia incorporada) que permitirá cada um de nós falar por exemplo com um chinês e, de forma automática, será feita a tradução linguística do nosso interlocutor, para que nos possamos entender. E esta heim..

  17. #16
    Senior Member
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    1,913

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Magnanimo Ver Post
    Ainda no outro dia discutia, com uma amiga, sobre a imortalidade.
    Honestamente, tendo em conta que o factor envelhecimento vem da oxigenação das células.... até me parece algo improvável lá chegarmos... i mean..... deixamos de respirar ?
    Resumidamente:
    A ciência já sabe como prolongar a vida - prende-se com o processo de constante renovação celular, que já foi inventada à muito tempo. O obstáculo em pôr essa técnica a funcionar prende-se com algo para o qual ainda não se conseguiu solução, que é o seguinte: A renovação celular com intuito de imortalidade, leva a um desgoverno das mesmas ao multiplicarem-se e, sabe-se que a consequência será o cancro. Porque o cancro não nasce de uma qualquer bactéria (por isso não é transmissivel) mas sim, num crescimento desgovernado de células que não seguem o padrão da sua função.

    A nível celular o que está a ser feito é a criação de órgãos para acudir a necessidades de transplante. A vantagem é o doente que necessita não ter que esperar pelo órgão de aguém que seja compativel.
    Sensivelmente, dentro de 30 anos esta técnica estará ao serviço de todos os órgãos do corpo humano. Neste momento usa-se em rins e fígado, salvo erro. Funciona da seguinte forma: retiram-se células estaminais do doente que precisa e são colocadas por ex. no rim de um porco. A partir daí a renovação celular com a informação do rim humano acontece.

    Na guerra do Golfo também foi feita renovação celular em militares que ficaram com pernas esmagadas e que, de outra forma, os tecidos não se renovariam. Aqui foi usado um quimico que, curiosamente, já era usado por um médico veterinário.
    Última edição por MariaCristina : 18-02-12 às 19:38:07

  18. #17
    Senior Member incompreendido's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2008
    Localização
    debaixo da ponte
    Posts
    1,416

    Por Defeito

    Acerca da evolução também queria dizer que já ouvi uma pessoa dizer ''gasta-se milhões a investir num grande colisor de hadrons quando tem pessoas a morrer à fome'', é verdade mas também tem que se ter noção que se existe um grande investimento naquilo é porque as implicações do que lá podemos descobrir nem os próprios cientistas conseguem imaginar.
    Já se deixou à imenso tempo de estudar para descobrir alguma coisa em concreto, podemos nem saber o que vamos descobrir ou para que serve mas não deve ser menosprezado por isso, muitos foram os grandes cientistas que descobriram coisas que na altura deles não serviam para nada e depois essas descobertas mudaram os nossos dias de hoje.

    Fisica para mim é muito interessante porque consegue ditar o que vai acontecer a seguir ou o que acontece na realidade.
    O grande colisor de hadrons pode mesmo garantir a sobreviência enquanto espécies, o nivel subatomico é confuso e complexo, pois nesse mundo muito pequeno a realidade muda só por olharmos para ela (imagine-se!).
    Já usufruimos actualmente dos beneficios deste mundo mas não a compreendemos por causas destes comportamentos sem sentido...Será que o universo foi desenhado para impedir que olhemos para o mundo com os olhos de deus?!Devemos aceitar os beneficios deste mundo e não procurar mais?!
    Eu digo que curiosidade é o mal humano portanto desistência não é opção.

    Quanto à vida eterna já ouviram falar em biomecânica?! Ou nanotecnologia?! São opções muito sériamente ponderadas pelos ciêntistas como futuro dos nossos hábitos de vida, quem sabe mais cedo do que nós esperamos.

  19. #18
    Senior Member joc1's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2011
    Localização
    The deep and fiery pits of hell
    Posts
    862

    Por Defeito

    nos USA há uma nova publicidade anti-pirataria concebida pelo NCPC (National Crime Prevention Council) e pago com os impostos dos cidadãos americanos

    senhoras e senhores, eu vi este vídeo e vou em breve mostrá-lo a vocês, no entanto, devo alertar aqueles entre nós sensíveis a extrema ignorância para se prepararem mentalmente para o choque ao sistema que estão prestes a receber

    cada asserção neste vídeo de 61 segundos é tão errada que eu não consigo imaginar quem seria desavergonhado o suficiente para o produzir, lançar e suportar



    1) o vídeo começa, temos um casal multi racial a comprar um dvd de um vendedor europeu/oriental que não podia ter uma aparência mais dúbia nem que fosse o Watto do Phantom Menace ... a rapariga pergunta "are these real?"

    gostava que o vendedor tivesse dito: No sweetheart, these are holographic constructs, you are in the holodeck of the Federation starship Enterprise. adiante

    2) em 0:16, WTF é o spider sense dela a reagir? porquê é que um raio de plasma passou pelo dinheiro para a mão dela, será que é o vil poder maligno da pirataria a manifestar-se no nosso plano físico de existência? esta publicidade oficialmente assustou-me quanto há ideia de comprar dvds pirata destes super shady vendedores de longínquos países sub desenvolvidos já vi a luz ... aprendi a lição tio manel! hahahah

    3) 0:23, tenho que parar nesse gajo, parece um vilão de um filme de acção dos anos 90, TODOS sabem que está a preparar alguma então logo a seguir estamos dentro do olho do vilão dos anos 90, que está dentro do negócio das drogas/dvd pirata, que é dentro do olho da rapariga asiática com o namorado negro que está a dar o dinheiro carregado de plasma ao cruel vendedor de vídeos pirata .... e vai piorar agora

    4) 0:30, aww a rapariga perdeu o emprego no estúdio a fazer ... o que? não sei mas ela perdeu o emprego por causa de dvds pirata, provável razão?

    progresso, mesmo assim a indústria cinematográfica foi das que menos foi afectada quanto ao desemprego com a recessão americana, foi de 5.176.1 para 5097.6 entre 2009 a 2010, mas claro isso não interessa, prosseguindo

    5) 0:37, exploração infantil? claro, todos temos uma peça de roupa, calçado etc fabricado por crianças ou pessoas exploradas no geral a trabalhar numa fábrica num país sub desenvolvido a receberem 1$ por ms, mas qual é a relação disso com a rapariga a comprar dvds pirata? nenhuma, não há nenhuma ligação causal entre dvds pirata e exploração infantil

    6) 0:43, claro, porque gangs percebem que o dinheiro está em dvds pirata e não em drogas e armas

    posso estar errado, mas algo me diz que vendedores de droga vendem droga e exploração infantil existe na produção em massa de roupa em países asiáticos e grandes corporações sediadas lá fora

    se um gajo vende dvds pirata .... é porque os tira da internet e quem é que põe os vídeos na internet? pessoas comuns, com trabalho, amigos, família, filhos etc não assutadores king pins do tráfico de droga ou implacáveis gangsters ou crianças exploradas a trabalharem em sweat shops

    um gajo faz o upload, outras pessoas criam torrents, o vendedor de rua faz o dl do file que foi torrented, queima para um cd, e vende na rua a pessoas estúpidas o suficiente para não conseguirem fazer o dl elas mesmas

    só isso nada mais

    deve ter sido o mais embaraçoso pedaço de propaganda que já vi até hoje, é um total desdenho pela verdade e pela inteligência de quem está a ver tv, qualquer pessoa envolvida no making of disto a qualquer nível devia estar profundamente envergonhada
    Última edição por joc1 : 18-02-12 às 22:04:48

  20. #19
    Senior Member
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    1,913

    Por Defeito

    Gostei joc1. Muito lúcido. Incontornável e incontrolável.

  21. #20
    Senior Member
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    1,913

    Por Defeito

    Para quem gostar de física. Do maravilhoso mundo da física dos elementos..
    Para quem seja simplesmente curioso..



    http://www.youtube.com/watch?v=e_TE_...eature=related

  22. #21
    Senior Member Antropolise's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2011
    Localização
    Ao virar da esquina
    Posts
    189

    Por Defeito

    Usufruímos todos os dias das vantagens da ciência. Desde o electrodoméstico mais simples, ao mais avançado engenho científico. A implementação destes objectos, destas mordomias, na vida quotidiana, de uma forma quase garantida e adquirida à nascença, é que disfarçam a utilidade que eles de facto nos proporcionam. Para despertar os sentidos para a realidade, para a panorâmica actual, um exercício simples como tentar viver (ou sobreviver) a uma semana sem o recurso a nada que seja tecnológico, dará o update do quão próximo estamos duma dependência biológica da ciência. O ser humano está tão desactualizado das formas primitivas de vida, que se de repente o privássemos desse conforto, ele, qual animal selvagem aprisionado há muito tempo na jaula, não saberia se adaptar e acabaria por se dar o colapso da civilização. Mais ainda, um olhar por detrás do ombro à esperança média de vida, revelará as enormes conquistas conseguidas neste capítulo.
    Como nem tudo o que brilha é ouro, a ciência também tem o seu ouropel de virtudes. Quando se enlaça na ganância politica, quando leiloa os seus serviços pela cobiça monetária, defrauda a insígnia pública que ostenta, e à qual devia de estar vinculada. Para rematar o assunto, queria apenas deixar um lembrete: considerem os vossos impostos, como pequenas acções, e façam uso do vosso voto na matéria, para manifestar o agrado ou desagrado, a sugestão e a critica, na forma como esses cabecilhas eleitos estão a fazer uso do nosso dinheiro.

  23. #22
    Senior Member Antropolise's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2011
    Localização
    Ao virar da esquina
    Posts
    189

    Por Defeito

    O progresso científico é a suprema arma do ser humano. Metas inalcançáveis tornam-se possíveis, o incognoscível de hoje é a lição estudada do amanhã. A ciência assume-se como catalisador das nossas soluções, todos nós procuramos nos últimos avanços da tecnologia, melhores condições de vida, ou, onde eu considero e deposito as minhas maiores esperanças, no desenvolvimento da medicina e a capacidade desta em suprimir a doença que nos apoquenta.
    Contudo, esta famigerada ciência tem o seu lado funesto, a face da moeda onde uns pretendem desvalorizar e outros sobrevalorizar, consoante a disposição de cada qual para analisar esta temática. Surge daqui a controvérsia: será legitimo limitar os progressos da ciência? A verdade, assim eu vejo, é que até os efeitos nefastos que possam resultar deste avanço tecnológico, são eles mesmo necessários para impedir outros males. É o velho provérbio, “uma espada na garganta, obriga a outra a permanecer na bainha”.
    De maneira a deixar claro o que penso, quanto à dificuldade que tenho em aceitar delimitações no terreno da ciência, sempre que me falam das bombas atómicas, da clonagem, ou de qualquer outro assunto inverso aos benefícios da humanidade, respondo quase sistematicamente, “ não foi a ciência que lançou a bomba em Hiroshima, foram uns tipos num avião”.

  24. #23
    Senior Member
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    1,913

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Antropolise Ver Post
    será legitimo limitar os progressos da ciência?
    Se é legítimo ou não, não sei. Depende da conceção de cada um. Mas limitar os progressos da ciência é uma utopia. É algo que não será possivel devido à capacidade racional/criativa de que é dotado o ser humano.

    As guerras não surgem devido ao avanço tecnológico do armamento. Não é o avanço tecnológico, nesta área, que propicia a guerra. Simplesmente passa a ser uma guerra diferente.
    Desde que há vida na terra que, existe guerra entre os povos. Começou por ser uma guerra primitiva e depois passou a uma guerra de estados civilizados. Só os meios se alteraram. A guerra de guerrilha é de tal forma eficiente que ainda hoje é estudada pelos exércitos comtemporâneos. É mortífora e dificil de vencer. Vejam o que se passa nas montanhas do Afeganistão. E no entanto, o armamento biológico, atómico e outros já existem..

  25. #24
    Senior Member Antropolise's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2011
    Localização
    Ao virar da esquina
    Posts
    189

    Por Defeito

    A limitação na ciência, não só é possível, como correntemente existe. É desempenhada por um agente chamado bioética, que analisa e intervém nos assuntos morais ou de valores humanos. Agora, em contrapartida, não tem força suficiente para impedir qualquer avanço que resulte no tilintar dos cifrões, por isso pode ser uma miragem, um patrulhamento fantasma. Contudo, ainda acredito que é esse nome que não nos deixa assistir à clonagem humana, ao desenvolvimento desenfreado de armas quimics/biológicas, por aí...

  26. #25
    Senior Member
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    1,913

    Por Defeito

    Boa noite Antropolise

    A bioética é um instrumento que não passa do papel. A clonagem humana não está em curso por limitações morais inerentes à condição humana. O que a limita são questões técnicas, de ciência da genética. Foi o que se provou com a ovelha Dolly - é possivel criar-se um novo organismo mas, como as células padrão são as velhas de outro ser vivo acarretam todas as deficiências existentes..

    Tudo o que a ciência tem descoberto sobre o que pode ser feito com a genética humana, só não está ao nosso dispôr porque, em termos de vida/saúde não é viável. É uma questão de impossibilidade técnica.

    Se a bioética fosse levada em consideração, não havia centrais nucleares, nem armamento químico, nem cereais genéticamente transformados. Entre outras coisas..

    De qualquer forma, o que me incomoda é o que a Indústria Farmacêutica anda a fazer nos países do Terceiro Mundo.
    Também me preocupa, a longo prazo, a questão do acesso a água potável.

  27. #26
    Senior Member incompreendido's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2008
    Localização
    debaixo da ponte
    Posts
    1,416

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MariaCristina Ver Post
    Boa noite Antropolise

    A bioética é um instrumento que não passa do papel. A clonagem humana não está em curso por limitações morais inerentes à condição humana. O que a limita são questões técnicas, de ciência da genética. Foi o que se provou com a ovelha Dolly - é possivel criar-se um novo organismo mas, como as células padrão são as velhas de outro ser vivo acarretam todas as deficiências existentes..

    Tudo o que a ciência tem descoberto sobre o que pode ser feito com a genética humana, só não está ao nosso dispôr porque, em termos de vida/saúde não é viável. É uma questão de impossibilidade técnica.

    Se a bioética fosse levada em consideração, não havia centrais nucleares, nem armamento químico, nem cereais genéticamente transformados. Entre outras coisas..


    De qualquer forma, o que me incomoda é o que a Indústria Farmacêutica anda a fazer nos países do Terceiro Mundo.
    Também me preocupa, a longo prazo, a questão do acesso a água potável.
    Mesmo com a questão da bomba atómica, apesar do horrivel acontecimento, de certo modo foi graças a esse acontecimento que a ciência pode estudar os efeitos da radiação nas pessoas que ajudou a salvar inumeras vidas e acredito que esse conhecimento da radiação teve muitas outras aplicações.

    É a partir deste pequeno exemplo que digo que às vezes só errando aprendemos passamos a ser mais sábios e capazes de causar um bem maior.
    Última edição por incompreendido : 20-02-12 às 20:31:48

  28. #27
    Senior Member Antropolise's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2011
    Localização
    Ao virar da esquina
    Posts
    189

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MariaCristina Ver Post
    Boa noite Antropolise

    A bioética é um instrumento que não passa do papel. A clonagem humana não está em curso por limitações morais inerentes à condição humana. O que a limita são questões técnicas, de ciência da genética. Foi o que se provou com a ovelha Dolly - é possivel criar-se um novo organismo mas, como as células padrão são as velhas de outro ser vivo acarretam todas as deficiências existentes..

    Tudo o que a ciência tem descoberto sobre o que pode ser feito com a genética humana, só não está ao nosso dispôr porque, em termos de vida/saúde não é viável. É uma questão de impossibilidade técnica.

    Se a bioética fosse levada em consideração, não havia centrais nucleares, nem armamento químico, nem cereais genéticamente transformados. Entre outras coisas..

    De qualquer forma, o que me incomoda é o que a Indústria Farmacêutica anda a fazer nos países do Terceiro Mundo.
    Também me preocupa, a longo prazo, a questão do acesso a água potável.
    Eu conheço todos os obstaculos a clonagem humana, não me são alheios nem o processo de o conseguir, nem as consequências precoces de tal aventura.. Mas por exemplo: em casos como aborto, fertilização in vitro, eutanásia, a bioética é o peso na balança dos valores humanos. ;P

    A questão do acesso a água potável, não vejo aí uma ameaça. Temos grandes reservas de agua doce, mesmo com o aumento da pop mundial, isso nao estaria em causa. Com o aumento da poluição, mesmo que não me pareça ser essa a tendencia, acredito que não assume um papel tão grande que possa mudar alguma coisa.. E.. existem várias tecnicas tanto de viabilizar o consumo de agua salada, como de transformar água poluida em agua propria a consumo.. (nada de novo aqui, acho eu

  29. #28
    Senior Member Tetis's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2011
    Posts
    224

    Por Defeito

    Por horrível que soe e seja, a guerra é, desde o início do século XX, um motor do desenvolvimento científico e tecnológico. Sem ela, estaríamos décadas atrasados em quase todos os domínios da ciência.
    Os orçamentos megalómanos das potências mundiais permitem pesquisa que tem primeiramente uma função militar e depois, eventualmente, uma utilização civil. Não existiria aviação como a conhecemos sem a II Guerra Mundial e a energia nuclear, com tudo o que tem de bom e de péssimo, desenvolveu-se exactamente no mesmo contexto. Só para citar dois exemplos conhecidíssimos...

  30. #29

    Por Defeito

    A própria Internet, que agora usamos, é um exemplo perfeito disso.

    Faz.me pensar numa entrevista que li há dias ao físico Michio Kaku, onde ele dizia algo que até me fez rir.
    "Facebook é a fogueira do século XXI"*

  31. #30
    Senior Member
    Data de Registo
    Nov 2011
    Posts
    1,913

    Por Defeito

    De facto é como diz o Michio Kaku; físico que acompanho à muito tempo.

    No meu caso, a net não me afasta em nada das relações pessoais. Pelo contrário. Porque num mundo onde o novo modelo de trabalho obriga as pessoas a deslocarem-se, se não fosse a net, eu estaria em contacto com os amigos de meses a meses. Assim não. A conversa banal, o problema doméstico/familiar, a resolução de questões de trabalho estão à distância de um click. Tudo é mais fácil, tudo é mais imediato.

    Alé disso, quando as pessoas se encontram, os assuntos pelos quais se interessam, são mais abrangentes, há mais discussão porque há mais conhecimento, devido a uma troca e acesso mundial à informação. A net para além de não nos afastar das pessoas que conhecemos ainda nos permite novos amigos, novos conhecimentos. Esses, podem passar a ser físicos ou não, fica ao critério de cada um.

    Falamos com quem não conhecemos. Vantagens e desvantagens é relativo. Qual é o problema? A net tem milhares de cantinhos, algum deve corresponder à nossa individualidade. Quantas vezes não frequentamos o café A e depois não gostamos das pessoas e ambiente e deslocamo-nos para o café B. Se estamos na net, cruzamo-nos com a temática A, não gostamos procuramos outro cantinho que corresponda aos nossos interesses e forma de estar. Aqui, até é mais vantajoso, o espaço é ilimitado...

    Esta fogueira do século XXI é mais interessante e enriquecedora para as pessoas. Vai mesmo de encontro à natureza social do ser humano: Comunica-se mais, aprende-se mais, mais pessoas..

Tópicos semelhantes

  1. Pensamentos e Reflexões
    Por jmartins na secção Off-topic
    Respostas: 1
    Último Post: 20-12-10, 08:16:09

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

A Motorpress Lisboa S.A. não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.